EMEE Maria Lucia Luzzardi participará do “I Simpósio Médico-Pedagógico sobre Transtorno do Espectro Autista”

Você sabe que o mês de abril é voltado para a conscientização sobre o autismo?

Visto isso, a organização estudantil IFMSA Brazil FURG, com apoio da Escola Municipal de Educação Especial Maria Lucia Luzzardi e LiNeuro FURG, preparou um evento super especial que trabalha com as áreas de Medicina e Educação Especial para falar sobre Autismo.

O “I Simpósio Médico-Pedagógico sobre Transtorno do Espectro Autista” foi pensado para elucidar assuntos concernentes ao diagnóstico médico de autismo: “Como reconhecer sinais de um paciente com TEA?” e, também,  aprimorar nosso olhar de acolhimento e de inclusão com o auxílio da equipe pedagógica da EMEE Maria Lucia Luzzardi, na qual a pauta prioritária é a inclusão e o cuidado com pessoas com TEA.

A EMEE participará com uma palestra rápida e envolvente, que será realizada no dia 24 de abril, às 14h, com transmissão no YouTube. Vale certificação de 3 horas por participação no evento pela IFMSA Brazil.

Se você tem interesse sobre o assunto, é da área da educação e da saúde e tem interesse em conhecer mais sobre o autismo, então acesse agora o site e inscreva-se no evento: https://www.even3.com.br/conscientizatea/

O que é a IFMSA?

A IFMSA é a maior organização estudantil do planeta. Com mais de 1 milhão de estudantes de medicina em 129 países, tem sua visão e valores propagados por diversas Organizações Nacionais de Membros, incluindo a IFMSA Brazil, que foi a primeira associação filiada à IFMSA na América Latina.

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEE Maria Lucia Luzzardi

5ª edição do Festival “Dança Estudantes” divulga as Coreografias Premiadas

Lara Dantas / EMEF França Pinto / Melhor Coreografia / voto popular

No dia 07 de abril, ocorreu a live de premiação da 5ª edição do Festival “Dança Estudantes”, evento destinado aos alunos e às alunas das escolas de Educação Básica da cidade do Rio Grande (escolas municipais, estaduais e particulares), o qual, neste ano, ocorreu novamente no formato digital, onde cada participante fez o seu vídeo, respeitando os protocolos de distanciamento social vigentes.

Com o objetivo de promover o intercâmbio entre as produções artísticas produzidas por alunos e alunas da rede pública municipal de ensino, através de uma linguagem universal, como é a dança e as suas vertentes, o Festival “Dança Estudantes” é um dos 4 eventos do Projeto Conexão em Dança, contemplado através  da Secretaria Estadual da Cultura/Lei Aldir Blanc, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Projeto realizado com recursos da Lei n. 14017/2020.

Com o  tema “A dança nos une cada vez mais”, a  5ª edição do Festival “Dança Estudantes” é uma promoção da Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Centro Municipal de Recreação e Lazer Ney Amado Costa, em ação conjunta com o Projeto Rio Grande Em Ação, e em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande (FURG), através da Diretoria de Arte e Cultura/DAC.

Confira aqui a lista com as coreografias premiadas.

Conheça um pouco da trajetória dos jurados e juradas que participaram da 5ª edição do Festival “Dança Estudantes”:

  • Wendel Mourige Silveira: Natural do Rio de Janeiro, iniciou sua carreira na cidade de Rio Grande/RS em 1991, onde  recebeu diversas premiações nos principais festivais de dança do Brasil. Em 2003 direciona seu trabalho para o Rio de Janeiro, criando o Projeto Urbanus – uma das mais conceituadas e completas escolas de danças urbanas do país. Idealizou o UMC Hip Hop Dance Festival no Rio de Janeiro e em Córdoba – Argentina – 2010/2011.

Na área da publicidade realizou trabalhos para as marcas Ford, Ubisoft e PlayStation. Na tv, participou dos programas Xuxa Park, Eliana e Caldeirão do Huck. Fez parte do Ballet Claudia Leitte na gravação do DVD Axé Music, gravado no Estádio Arena Pernambuco.

Ministrou master classes em diversas cidades de norte a sul do país e no exterior participou de eventos em Orlando e Los Angeles – EUA, e San Jose – Costa Rica. Em 2016, criou o programa de dança STREET JAM®️, com um método de aulas democráticas que leva dança e qualidade de vida  para pessoas de todas as idades. Atualmente é instrutor de STREET JAM®️ na Casa de dança Carlinhos de Jesus e na Rede Bodytech – maior rede de academias da América Latina.

  • Eduardo Menezes: è natural de  Rio Grande/RS e, atualmente, reside em São Paulo. Professor e coreógrafo de dança contemporânea há 21 anos. Vencedor de prêmios importantes, como coreógrafo revelação em Joinville, melhor coreógrafo em Córdoba, na Argentina, e duas medalhas de ouro no Valentina Koslova internacional dance competition.

Já transitou por países como Angola, México e França levando seu trabalho. Diretor de trabalhos audiovisuais e também contemplado em editais da área. Atua como jurado em festivais nacionais e internacionais.

Diretor do grupo Le cousa Contemporânea, com projetos no Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo Atualmente é diretor do Le cousa contemporânea, grupo de performance.

  • Leila Cristiane Finoqueto: Professora do curso de Educação Física da FURG. Coordenadora do Festival de Artes Corporais do Rio Grande e seminário de estudos e pesquisas em Educação Física & Danças (desde 2009). Líder do Grupo de pesquisa: CORPOGRAFIAS – LABORATÓRIO DE ESTUDOS DA CULTURA CORPORAL, MOVIMENTO E GESTO: AS DANÇAS EM SUAS MÚLTIPLAS MANIFESTAÇÕES, desde agosto de 2019.
  • Simone Spotorno Marchand: Especialista em Dança pela PUC/RS. Graduada em Educação Física pela UFPel. Atualmente é docente do IFRS – Campus Rio Grande, mestranda em Educação no PPGEDU. Pesquisadora do Grupo de pesquisa: CORPOGRAFIAS – LABORATÓRIO DE ESTUDOS DA CULTURA CORPORAL, MOVIMENTO E GESTO: AS DANÇAS EM SUAS MÚLTIPLAS MANIFESTAÇÕES, desde agosto de 2019 – FURG.

Atuou como vice-diretora, coordenadora e professora de Dança da EBAHL. Foi professora de Educação Física e Dança da rede privada e pública, e atuou em escolas de Dança do Município de Rio Grande e Pelotas.

Ainda no mês de abril, o Projeto Conexão em Dança promoverá a 1ª edição do “Dança Feliz”, o qual é voltado a alunos e alunas das APAEs. As inscrições iniciram no dia 05 de abril e estender-se-ão até o dia 23 de abril. Maiores informações podem  ser obtidas no site http://www.conexaoemdanca.com.br/ ou nas redes sociais Facebook  e YouTube .

SMEd
Roberton Reis

SMEd realiza manutenção em mais 4 Escolas da Rede Municipal

Na semana passada, entre os dias 07 e 09 de abril, o Núcleo de Apoio à Infraestrutura da Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd) realizou manutenção em mais 04 escolas da rede pública municipal de ensino, incluindo Escolas de Ensino Fundamental e de Educação Infantil.

Na quarta-feira, uma das equipes do Núcleo esteve na Escola Municipal de Educação Infantil Tia Luizinha, no bairro São Miguel, onde foi realizada a troca da fechadura da porta de entrada da Escola. No mesmo dia, o Núcleo realizou a instalação de pias e troca de lâmpadas na Escola Municipal de Ensino Fundamental Admar Corrêa, no bairro Santa Tereza.

Na quinta-feira, 08, foi a vez da Escola Municipal de Ensino Fundamental Helena Small, bairro Centro, receber a equipe do Núcleo de Apoio à Infraestrutura para que fossem instaladas pias externas e internas, além da realização de troca de lâmpadas e revisão no telhado. Na sexta-feira, a manutenção foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental Clemente Pinto, no bairro Cidade Nova, incluindo instalação de pias, reparos diversos, troca de lâmpadas, instalação de 4 ventiladores e 4 tomadas.

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Apoio à Infraestrutura

Famílias de alunos da EMEF João de Oliveira Martins em situação de vulnerabilidade receberam kits da Alimentação Escolar

Na última sexta-feira, dia 09 de abril, a Escola Municipal de Ensino Fundamental João de Oliveira Martins, que está localizada no bairro Castelo Branco, realizou a distribuição de 35 kits com gêneros alimentícios não perecíveis e hortifrutigranjeiros às famílias dos alunos que se encontram em situação de vulnerabilidade.

Os kits são organizados com produtos da merenda escolar, adquiridos com recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para alimentação escolar, e destinados às famílias com alunos matriculados na rede municipal. A medida adotada cumpre o estabelecido na Lei 13987/2020, que autoriza, em caráter excepcional, essa distribuição aos(às) estudantes das escolas públicas de Educação Básica, durante o período de pandemia e enfrentamento da Covid-19.

Esta é uma ação de extrema importância, sentido e significado, coordenada pela Secretaria de Município da Educação, que objetiva apoiar as comunidades, observando as dificuldades de muitas famílias, neste período grave de pandemia da Covid-19”, destacou o diretor da EMEF João de Oliveira Martins, o professor Jorge Satt.

Embora a legislação preveja que todos os alunos possuam o direito de receber o fornecimento de alimentos, o objetivo principal, neste momento, e de acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), é amenizar o déficit nutricional dos alunos, sobretudo, os que se encontram em insegurança alimentar nesta situação excepcional de emergência em saúde pública (Covid-19).

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF João de Oliveira Martins

PREFEITO FÁBIO BRANCO RECEBE DIRETORA E VICE-DIRETORA DO BELAS ARTES PARA TRATAR SOBRE CENTENÁRIO DA ESCOLA

Fonte: www.riogrande.rs.gov.br

Na manhã desta segunda-feira (12) o Prefeito Fábio Branco esteve reunido com a diretora e a vice-diretora do Belas Artes, Marisa Saad e Gilce Lima, para tratar sobre o período de comemorações do centenário da Escola. Na ocasião, as representantes apresentaram demandas e iniciaram um diálogo sobre as ações alusivas aos 100 anos da instituição que serão completados em 2022.

Recentemente, em 1º de abril de 2021, a Escola de Belas Artes Heitor de Lemos celebrou seus 99 anos. A data foi marcada por diversos espetáculos e apresentações que foram publicadas na internet e estão disponíveis na página da escola no Facebook.

Belas Artes

O Belas Artes se consolidou como importante instituição pública pertencente ao Município, que busca proporcionar o ensino de Arte em áreas como a música, dança e artes plásticas. Por meio da educação, visa a formação dos estudantes para o desenvolvimento de suas potencialidades como elementos para auto realização e como preparação para o exercício consciente da cidadania e profissionalização.

Atualmente, a Escola de Belas Artes funciona na rua Jockey Clube, nº194, ao lado do Praça Rio Grande Shopping e conta com cerca de 650 alunos. A instituição oferece aulas de canto lírico, canto popular, piano, teclado, violão, violino, teatro, desenho e ballet, entre outras modalidades.

Texto: Marina Fagundes – Jornalista (MTB/RS 19.773) / Fotos: Richard Furtado

EMEF Rui Poester Peixoto realizou Cerimônia de Formatura On-line no dia 08 de Abril

Na manhã da última quinta-feira, dia 08 de abril, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Rui Poester Peixoto, que está localizada no bairro São Miguel, realizou a formatura on-line dos alunos das turmas dos 9º anos, através do aplicativo Meet.

A Direção da Escola Rui Poester compartilha a alegria em realizar a primeira  formatura on-line de 44 estudantes dos 9º anos. Foi um momento para homenagear  professores e estudantes por terem superado uma situação tão difícil para nossa educação, onde foi necessário nos reinventarmos, principalmente no que se refere às novas tecnologias, vencendo os obstáculos da internet, isolamento e muito mais”, destacou a diretora Elizabete Laurino Guimarães.

A  oradora da turma, a formanda Carolaine Machado, em nome do grupo de alunos formandos, relatou o quanto a empatia e a ajuda mútua foram decisivas neste processo. Ela finalizou sua fala com uma frase muito marcante: “O entusiasmo é a maior força da alma. Conserva-o e nunca te faltará poder para conseguires o que desejas.” – Napoleon Hill.  “Neste momento, tivemos a certeza de que toda forma de ensinar e interagir com os alunos valeu a pena”, afirmou Elizabete.

O professor de Musicalização, Patrique Bratz, encerrou a cerimônia com a canção “A cura”, trazendo uma bela mensagem de esperança por dias melhores e gratidão pela vida. “Nosso agradecimento especial para as famílias, as quais estiveram em constante parceria e aprendizado conosco”, finalizou a diretora da EMEF Rui Poester Peixoto.

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Rui Poester Peixoto

EBAHL BATE RECORDE DE PÚBLICO NO #teatromunicipalagora

Fonte: www.riogrande.rs.gov.br

Nesta quinta-feira,08, o projeto #teatromuncipalagora recebeu a Escola de Belas Artes Heitor de Lemos, num espetáculo emocionante de Dança e Música em homenagem aos seus 99 anos. Um expressivo público agregando alunos, amigos e apreciadores da arte e em especial do trabalho da EBAHL, lotou a sala virtual do espetáculo, batendo o recorde de mais de 300 espectadores.

Segundo informações da diretora do Teatro Municipal do Rio Grande, Alzira Paiva, desde o lançamento do projeto #teatromunicipalagora, em 21 de janeiro deste ano, já foram realizados 15 espetáculos, sendo 02 em datas especiais e gratuitos dentro do Março Lilás. Já participaram do projeto, artistas riograndinos das áreas da dança, teatro e música, de diferentes estilos e grupos de artes variadas. “Tanto a comunidade quanto os artistas riograndinos aderiram ao projeto e estamos muito contentes com os resultados. A agenda de shows para o mês de abril já está fechada e para maio, quase toda comprometida também. Quanto ao público, cada vez mais pessoas estão assistindo aos espetáculos que se mantêm regularmente todas as quinta-feiras, às 20h30min. Acreditamos que, com esse recorde de público que o Belas Artes fez, mais artistas vão se empolgar e divulgar cada vez mais seus shows para agregar números expressivos de espectadores.”, completou Alzira.

O Secretário Municipal da Cultura, Luis Henrique Drevnovicz, relatou que foi uma noite muito especial por dois motivos, além de celebrar os 99 anos da Escola de Belas Artes Heitor de Lemos, também comemoramos o recorde de público. Pois, pela primeira vez tivemos a lotação esgotada do Teatro Municipal. “Mesmo de casa foi possível sentir a energia e a satisfação de estar no Teatro, com ele lotado. O espetáculo não foi grande, porém muito intenso. A EBAHL tem sido uma verdadeira inovadora e ao mesmo tempo se conserva por todos estes anos como uma entidade que luta e traz a cultura para a nossa cidade. Embora administrativamente ela esteja ligada à Secretaria de Município da Educação (SMED), a Secretaria da Cultura parabeniza essa conceituada instituição que ao longo destes quase 100 anos, tem formado os nossos artistas e tem sido grande fomentadora da cultura e da arte do nosso Município”, enfatizou Drevnovicz.

O #teatromunicipalagora uma iniciativa da Secretaria de Município da Cultura, através do Teatro Municipal do Rio Grande, com o apoio da empresa Vetorial Net. Nele estão previstos espetáculos semanais na modalidade online. O objetivo do projeto é oportunizar que os artistas de Rio Grande voltem a se apresentar para os seus públicos e ainda gerar renda, pois a verba arrecadada com a venda dos ingressos é destinada aos artistas que estiverem se apresentando. Os ingressos são limitados em 300, vendidos pelo site Sympla.com.br e custam os seguintes valores:Popular R$ 15,00; Solidário R$ 25,00 e Amigo R$ 40,00. Ao confirmar o pagamento do ingresso a pessoa receberá o link para seu acesso a plataforma Zoom, no dia e hora do Espetáculo. Na próxima quinta-feira, 15, a atração será a banda de pagode,VNB – Vem no Balanço, que apresentará o espetáculo “Da Nostalgia aos Tempos de Hoje”.

Texto: Sheron Gonçalves Macedo
Assessoria de Comunicação da SECULT / SMEL

SMED ESCLARECE SOBRE A DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS ÀS FAMÍLIAS DE ESTUDANTES DA REDE MUNICIPAL

Fonte: www.riogrande.rs.gov.br

A Secretaria de Município da Educação (SMEd) da Prefeitura do Rio Grande divulgou uma nota de esclarecimento, na tarde desta quinta-feira (8), sobre a distribuição da Merenda Escolar às famílias de alunos da rede municipal, durante o período da pandemia da Covid-19. No documento, a Secretaria esclarece que “cabe a cada escola receber e organizar a distribuição destes gêneros alimentícios em forma de kits, a fim de atender o maior número de alunos possível”.

Além da divulgação do documento, a coordenadora do Núcleo de Alimentar Escolar (NAE/SMEd), Marilda Silva da Silva afirmou que “nossa obrigação é distribuir, tem que chegar às escolas e às crianças; o critério de distribuição é das escolas”. Até o momento foram distribuídos 1.600 kits, conforme comprovantes das escolas. A distribuição está em andamento. O último roteiro de hortifrutigranjeiros entregue foi nesta quinta-feira. A distribuição deve ser finalizada na sexta-feira (9), por se tratar de produtos perecíveis.

Conforme a coordenadora do NAE, há previsão de nova entrega de não-perecíveis, a partir de 19 deste mês. As entregas de alimentos foram realizadas no ano passado. Como as aulas não retornaram em fevereiro, o serviço foi retomado em março deste ano.

Confira a íntegra da nota abaixo.

Nota de esclarecimento – Distribuição da Alimentação Escolar

Embora a legislação preveja que todos os alunos possuam o direito de receber o fornecimento de alimentos, o objetivo principal, neste momento, e de acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), é amenizar o déficit nutricional dos alunos, sobretudo, os que se encontram em insegurança alimentar nesta situação excepcional de emergência em saúde pública (Covid-19).

O município de Rio Grande, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar, recebe mensalmente, a quantia de R$ 207.415,56, para atender 22.903 alunos matriculados na rede. A média de valores repassados pelo governo federal fica em torno de R$ 9,07 por aluno/mês.

O Núcleo de Alimentação Escolar, no uso de suas atribuições, realiza a compra e distribuição dos gêneros alimentícios para toda a rede municipal, sendo que os alimentos perecíveis (hortifrutigranjeiros) são entregues pelo fornecedor, diretamente na escola. Todas as entregas são realizadas mediante guia de recebimento/entrega assinada.

Após o início da pandemia, a distribuição para as famílias foi realizada, mensalmente, sendo retomada, em janeiro, com os gêneros não-perecíveis e, em março, os gêneros perecíveis (hortifrutigranjeiros).

No dia 3 de março de 2021, as escolas foram comunicadas, via e-mail e contato telefônico, da permissão para distribuir os gêneros alimentícios à sua comunidade escolar, sendo que os critérios de distribuição são estipulados por quem conhece a comunidade e suas necessidades. Por esse motivo, as entregas são centralizadas nas unidades escolares, facilitando o recebimento dos gêneros pelos alunos.

Cabe a cada escola receber e organizar a distribuição destes gêneros alimentícios em forma de kits, a fim de atender o maior número de alunos possível. Observando que, quando se trata de hortifrutigranjeiros, a distribuição deve ocorrer com a maior brevidade possível, visto que são alimentos perecíveis.

Secretaria de Município da Educação (SMEd)

Roger da Rosa – Jornalista (MTB 6956/RS)
Assessoria de Comunicação Social – Prefeitura Municipal do Rio Grande

SMEd realiza manutenção na EMEF Zelly Pereira Esmeraldo

Nos dias 05, 06 e 07 de abril, as equipes do Núcleo de Apoio à Infraestrutura da Secretaria de Município da Educação do Rio Grande (SMEd) estiveram na Escola Municipal de Ensino Fundamental Zelly Pereira Esmeraldo, no Bairro Cidade de Águeda, onde, como disse o diretor da Escola, o professor Jayme Azevedo de Freitas, realizaram uma verdadeira revolução”, recuperando espaços que estavam desativados, através de diversas ações de manutenção estrutural.

De acordo com o coordenador do Núcleo, Juliomar Medeiros, foi necessária a participação de todas equipes, pois havia muito para ser feito na escola, como a recuperação de banheiros que estavam interditados, incluindo a colocação de vasos sanitários e substituição de torneiras das pias; substituição de quase todas as lâmpadas das salas de aula, corredores e demais ambientes; colocação de refletores no pátio, pois não havia iluminação; entre outras ações.

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Apoio à Infraestrutura