9
ABR

Notícias

Comitê de Combate à Dengue elabora campanha para prevenção ao Aedes aegypti em Rio Grande


Representantes da Vigilância em Saúde, do Conselho Municipal de Saúde, da 18ª Coordenadoria Regional de Educação, da Defesa Civil, das secretarias de Serviços Urbanos, Infraestrutura, Educação e Gabinete do Executivo realizaram na tarde desta terça-feira (09) uma reunião para definição de estratégias e ações no combate em Rio Grande ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. Os órgãos compõem o Comitê Municipal de Combate à Dengue.

Até agora já se somam 14 focos positivos encontrados em armadilhas instaladas pelos agentes da Vigilância. As localidades são: Aeroporto, Cidade Nova, Vila Maria, Senandes, Bernadeth e Centro. Além de amostras positivas em estado larval, os agentes de combate às endemias passaram a encontrar ao redor das armadilhas o vetor da doença também na sua fase adulta, ou seja, o mosquito alado. A superintendente da Vigilância em Saúde de Rio Grande, Michele Meneses, explica que o vírus, entretanto, não foi encontrado no município. “É importante ressaltar para a população que a gente não tem o vírus circulando em Rio Grande, o que nós temos é o mosquito alado. Evidentemente isso acarreta maiores riscos, e é por isso que nós estamos nos organizando para combater os focos encontrados”, esclarece Michele.

Diante da situação epidemiológica do município, o Comitê iniciará a intensificação do trabalho de conscientização junto à população das medidas que obrigatoriamente devem ser adotadas para impedir a proliferação do mosquito. O trabalho será intensificado, principalmente, nas áreas em que os focos tem sido recorrentes. Além da vistoria dos agentes, com tratamento de água parada, serão promovidos mutirões para a retirada de entulho dos locais em que os focos tem surgido.

Entre as ações já está em curso também o treinamento de 13 novos agentes de combate às endemias, que nas próximas semanas se unem aos profissionais que já estão em campo fazendo o corpo a corpo nas casas e comércios da cidade. Outros 25 novos agentes aprovados via processo já foram convocados pela Prefeitura do Rio Grande para o comparecimento na Secretaria de Município e Gestão Administrativa para o curso introdutório. A publicação foi realizada na última sexta-feira, 5.

A coordenadora do Programa Municipal de Combate à Dengue, Ananda Fialho, chama a atenção para o número de focos encontrados ao longo de todo o ano de 2018, comparados aos primeiro trimestre deste ano. “Ano passado tivemos 12 focos ao longo de todo ano, contra 14 só nestes primeiros meses de 2019. A diferença é que os focos são recorrentes, eles se repetem nos mesmos locais, geralmente locais de trânsito e fluxo de muitas pessoas, com situações comO garagens coletivas e entorno da rodoviária”, explica.

Para auxiliar os agentes comunitários de saúde nos mutirões, cujo cronograma operacional deve ser fechado até o final desta semana, a Prefeitura treinará cerca de 20 voluntários. Além do voluntariado, equipes de servidores das secretarias de Serviços Urbanos (SMCSU), de Insfraestrutura (SMI) e Defesa Civil também estarão atuando na linha de frente destes mutirões para a retirada de lixo entulhos que estejam colaborando com a proliferação do vetor.

Audiovisuais e materiais gráficos da Administração Municipal alertando para os riscos da dengue e o número crescente de focos no município devem começar a circular ainda esta semana nos canais oficiais da Prefeitura, assim como nas mídias locais.

Assessoria de Comunicação/PMRG


Fotos da Notícia


  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy

  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy

  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy

  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy





* separar os emails por vírgulas
  
Facebook Twitter Flickr

Prefeitura do Rio Grande

Largo Engenheiro João Fernandes Moreira, S/N
CEP: 96200-015 :: Telefone: (53) 3233.8400