Divulgação

Nesta terça-feira, 28 de março, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof. Eliézer de Carvalho Rios, que está localizada no bairro Cassino, está completando seu primeiro ano de funcionamento. “Estamos muito felizes, pois este primeiro ano foi de muitos desafios e vitórias. Nosso sucesso é fruto de um trabalho construído com muito comprometimento, democracia, dedicação e principalmente amor. Parabéns a todos os estudantes, professores, funcionários e famílias que fazem parte dessa história”, destacou a direção da Escola.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Prof. Eliézer de Carvalho Rios

Descrição

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Dom Pedro II

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande, através do Núcleo de Educação Ambiental e Patrimonial e da Assessoria Étnico-Racial, promoverá na próxima segunda-feira, 27 de março, às 17h, na Escola Municipal para a Diversidade Cultural e Inclusão Escola Viva, localizada na Av. Portugal, 38, uma Roda de Conversa com o Professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Valdo Hermes de Lima Barcelos, intitulada “Educar no Amor e na Liberdade”.

 

SMEd
Roberton Reis

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd) informa que na próxima quinta-feira, 30 de março, às 19h, dentro da programação referente ao “Março Lilás”, promovido pela Prefeitura Municipal do Rio Grande, a Escola de Belas Artes Heitor de Lemos estará realizando o seu “Sarau Lilás”, com entrada franca para a comunidade rio-grandina.

Segundo a direção da Escola, “o sarau é um espaço onde as alunas da EBAHL apresentarão trabalhos concluídos no ano de 2016, objetivando um ambiente de fruição, no qual o protagonismo se evidencie pelas próprias participantes”.

O Sarau, que acontecerá no Auditório da Escola, que fica na rua Jockey Club, 194, contará com apresentações, nas áreas de Artes plásticas, Música e Dança, de alunas e professoras da EBAHL. De acordo com a direção, “o repertório das músicas escolhidas também será integralmente de artistas mulheres”.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EBAHL

Divulgação

O Grupo de Pesquisa Sexualidade e Escola (GESE) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) informa que o período de inscrições para o Projeto “Escolas Promotoras da Igualdade de Gênero” foi prorrogado até o dia 13 de abril.

O Projeto tem como objetivo apoiar as escolas das redes estadual e municipal da Educação Básica de Rio Grande, que tenham interesse em desenvolver ações para a promoção e a reflexão acerca da igualdade e equidade dos gêneros, com vistas à construção de estratégias que resultem na redução dos indicadores de desigualdades, ao mesmo tempo, em que busquem dar visibilidade ao tema.

As inscrições devem ser realizadas pelos professores previamente selecionados pelas escolas, exclusivamente pelo site http://sinsc.furg.br/detalheseventos/512

Maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail sexualidadeescola@furg.br ou pelo telefone (53) 3233-6709. Para ter acesso ao Edital do Projeto Escolas Promotoras da Igualdade de Gênero, acesse aqui.

SMEd

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Ana Neri, que está localizada no bairro Bolaxa, completou, no dia 1º de março, mais um ano de sua bela jornada em busca de uma educação de qualidade, sempre comprometida com seus alunos, chegando, assim, aos seus 70 anos.

Para celebrar a data, a professora de Língua Portuguesa do 9º Ano, Ana Paula Garcia, trabalhou com o tema “Marchinhas de Carnaval”, onde os alunos compuseram uma letra em homenagem à Escola, em ritmo de carnaval.

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Ana Neri

Na manhã do último sábado, 18 de março, as professoras e monitoras da Escola Municipal de Ensino Fundamental Marília Rodrigues Santos, que está localizada no bairro Boa Vista,  vivenciaram momentos de puro aprendizado e emoção com a participação de Marina Marandini Pompeu, jovem com Síndrome de Down, que  graduou-se com nota máxima no Curso de Artes Visuais da FURG, em fevereiro de 2017.

Acompanhada de sua mãe, Dóris Marandini, que relatou todas as dificuldades, preconceitos e também as vitórias vivenciadas, desde o momento em que soube da situação da filha, até o momento da conclusão do Curso de Artes Visuais, Marina mostrou-se um exemplo de perseverança.

As duas convidadas emocionaram todos os presentes, pois através da história da Marina, percebemos que a criança com Down precisa ser estimulada e a família precisa acreditar no seu potencial para que ela possa se desenvolver plenamente e viver totalmente independente”, destacou a diretora da EMEF Marília Rodrigues Santos, Deise Maciel.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Marília Rodrigues Santos