A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através dos Núcleos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental, informa que o período de inscrições para o Encontro Formativo “As Contribuições da Neurociência para a Prática Docente” foi prorrogado até o próximo domingo, dia 24 de junho.

O Encontro Formativo acontecerá no dia 26 de junho, às 14h, no Teatro Municipal, com a palestra da Prof.ª Dr.ª Fernanda Antoniolo Hammes de Oliveira.

Para participar do Encontro, os(as) professores(as) do Ensino Fundamental que atuam nas escolas da rede pública municipal de ensino devem realizar a inscrição através do site www.riogrande.rs.gov.br/smed

As vagas são limitadas e as inscrições serão encerradas no momento em que as mesmas forem preenchidas. Clique AQUI para fazer a sua inscrição.

SMEd
Roberton Reis
Com informações dos Núcleos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental

O município de Rio Grande esteve mais uma vez representado no Campeonato Paradesportivo Estudantil do Rio Grande do Sul, o “Paracergs”, que foi realizado nos dias 15 e 16 de junho, em Porto Alegre, e reuniu atletas de todo o Estado no Centro Estadual de Treinamento Esportivo.

 

Os alunos do Projeto Paradesporto, da Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), e da Escola José Alvarez de Azevedo, fizeram parte da comitiva rio-grandina. 13 atletas participantes trouxeram 30 medalhas: 12 deles participaram da modalidade de Atletismo e 1 na modalidade de Futebol de 5 para cegos. Todos conquistaram medalhas e aguardam a convocação para as Paralimpíadas Escolares 2018, organizada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro.

O coordenador do Projeto, professor Felipe Motta, participa pelo sexto ano consecutivo e afirma que as atividades vão além do treinamento esportivo, pois trabalha a autoestima dos alunos.“Tenho alunos que nunca imaginaram fazer as coisas que fazem hoje, especialmente em um grupo grande”, comenta Felipe. “Às vezes, a família deixa muito tempo as pessoas com deficiência dentro de casa ou mesmo a falta de projetos, faz com que eles tenham uma pequena perspectiva de vida, mas podemos vivenciar a mudança na vida dos alunos, após a participação de atividades esportivas, porque são, especialmente, de inclusão, conclui. “É a maior delegação que a cidade já enviou, no ano passado, foram 10 alunos de 5 escolas; este ano são 11 escolas”, completa.

Em 2017, o Projeto Paradesporto realizou cerca de 90 atendimentos. Só neste ano, já foram 110. “Quero que as pessoas nos vejam como ferramenta no processo de inclusão”, ratifica o professor.

Acompanharam a equipe o professor Felipe de Oliveira Motta, coordenador do Projeto Paradesporto e professor da Escola José Álvares de Azevedo; professora Rosaura Caurio, do Projeto paradesporto e EMEF Frederico Ernesto Buchholz; Frederico Neves e Frederico França, estagiários do Projeto Paradesporto; professora Carine Fernandes, vice-diretora da Escola José Alvares de Azevedo; Dinair França, professora de Educação Física da EMEB Carmen Regina Teixeira Baldino; professor Marcio França e professora Paola Machado, vice-diretora da EMEF Peixoto Primo, além do atleta-guia, Nicolas Maxwell Pereira, e 4 mães de alunos.

Gratidão é a palavra de ordem, simples assim. Estou muito grata por poder trabalhar no que gosto e poder participar de eventos como esse. Muito grata em ver que o esporte muda a vida das pessoas; ele une, reúne e fortalece. Eu vi pessoas felizes e realizadas, competindo lealmente e fazendo amigos. O Paracergs 2018, para mim, foi um grande marco e ficará  para sempre na minha lembrança e no meu coração”, destacou a professora Rosaura Caurio.

A participação dos nossos alunos num evento deste porte fortalece a ideia de que estamos no caminho certo. A nossa equipe de trabalho, composta pelo coordenador Felipe Motta, professora Rosaura Caurio e os monitores Frederico Neves e Frederico França vem desenvolvendo um trabalho de alto nível, pois utilizar o esporte como ferramenta de inclusão social é nosso objetivo, o qual estamos alcançando a cada ano que passa. Essa foi a maior delegação dos últimos anos a participar do Paracergs, e os resultados foram muito expressivos. Aguardaremos ansiosos pela listagem dos convocados do Estado do Rio Grande do Sul para a Paralimpíada Nacional, na torcida para que tenhamos vários de nossos alunos entre eles”, ressalta Leontine Santos, assessora de Educação Física da SMEd.

Confira os alunos rio-grandinos premiados no Paracergs 2018:

Escola José Álvares de Azevedo:

  • – Gabrielli Amaral, classe 11, categoria C, campeã nos 100m, 400m e arremesso de peso.
  • – Rhuan Duarte, Classe 11, categoria C, campeão nos 100m, 400m e arremesso de peso.
  • – Ayslan Fernandes, aguarda convocação para a seleção gaúcha de Futebol de 5 (cegos)

EMEB Carmen Regina Teixeira Baldino:

  • – Matheus da Gama, Classe 35/36, categoria B, campeão nos 60m, 150m e lançamento de pelota

EMEF Frederico Ernesto Buchholz:

  • – Natalia Siqueira, Categoria A, Classe 46, campeã nos 60m, 150m e lançamento de pelota

Escola Estadual Marcílio Dias:

  • – Keimilyn Amaral, categoria A, classe 38, campeã nos 60m, 150m e lançamento de pelota.

EMEF Dolores Garcia:

  • – Aaron Lucas Bonilla, categoria C, classe 35, campeão nos 100m e arremesso de peso.

EMEF Peixoto Primo:

  • – Bruna Gonzales, categoria B, Classe 36, campeã nos 75m, 250m e arremesso de peso.
  • – Matheus Munhoz, categoria C, Classe 20, participou dos 100m, arremesso de peso e salto em distância.

EMEF Admar Corrêa:

  • – Tailander Martins, Categoria C, Classe 20, 3º lugar no arremesso de peso e no salto em distância

EMEF Prof. Eliézer de Carvalho Rios:

  • – Cássio Rolim, Classe 20, participou no 400m, arremesso de peso e salto em distância

Escola CESAM:

  • – Wellisson Dorneles, Categoria C, Classe 20, 2º nos 1500m e 3º nos 400m

EMEF Manoel Martins Mano:

  • – Luciane Bica, Categoria C, Classe 20, 3ª arremesso de peso, salto em distância e 400m

Acesse aqui para ver mais fotos do Paracergs 2018.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da Assessoria de Educação Física

Divulgação

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Prof.ª Maria Angélica Villanova Leal Campello

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo de Orientação e Supervisão, realizou formação com os Coordenadores e Supervisores Pedagógicos dos Anos Iniciais e dos Anos Finais do Ensino Fundamental, que atuam nas escolas da rede pública municipal de ensino, sobre o “Programa PETECA”, proposto pelo Ministério Público do Trabalho: “MPT na Escola”.

A reunião, que objetivou fomentar as discussões nos espaços escolares sobre a “Erradicação do trabalho infantil e proteção do trabalho adolescente”, iniciou com a acolhida aos Coordenadores, dispondo na “rede” (símbolo da proposta formativa no ano de 2018) um “cata-vento” com frases sobre o trabalho infantil, onde foi possível começar as discussões sobre a temática.

Na sequência, o vídeo “Vida de Maria” suscitou reflexões acerca do desafio da escola nesse “romper” de ciclos culturais, promovido através do conhecimento, possibilitando diferentes perspectivas de vida aos educandos.

O papel da escola no combate ao trabalho infantil é necessário diante da conjuntura de dados revelados em nosso Estado”, afirmou Sandra Greque, coordenadora do Projeto na esfera Municipal, que também enfatizou “que a ‘Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios-PNAD” revela que o trabalho infantil está associado a índices menores de escolarização, bem como baixo rendimento econômico familiar. Mesmo as crianças matriculadas na escola, quando trabalham, têm reduzido seu rendimento e aumentado o absenteísmo e a evasão escolar, consequências estas que chegam diretamente ao âmbito escolar

Os profissionais do Programa de Erradicação ao Trabalho Infantil do Município/PETI participaram da reunião e trouxeram a divulgação das metas do programa na esfera municipal, explicando como o mesmo é desenvolvido e monitorado na cidade do Rio Grande.

O material de apoio ao desenvolvimento do Programa PETECA, que é composto por dois jogos de tabuleiros, um caderno de orientações pedagógicas, um cartaz informativo e uma revista de histórias em quadrinhos foi entregue nas escolas e está sendo desenvolvido com as turmas do 4º ao 7º Anos. O cronograma de atividades do MPT na escola segue com as ações das etapas Municipal, Estadual e Nacional.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Orientação e Supervisão

Divulgação

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Dom Pedro II

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo de Diversidade e Inclusão (NDI), realizará a formação mensal com os Professores da Educação Especial/Inclusiva (Salas de Recursos e Salas de Recursos de Inclusão), que atuam nas escolas da rede pública municipal de ensino, nos dias 21 e 22 de junho, no Auditório da EMEF Cipriano Porto Alegre.

De acordo com o Núcleo de Diversidade e Inclusão, a reunião/formação do dia 21, que acontecerá às 8h30min, é para os profissionais que atuam no turno da manhã; já a do dia 22, que ocorrerá às 14h, para os que atuam no turno da tarde. Os profissionais que trabalham no turno vespertino ou noite, poderão optar por comparecer no dia 21 ou no dia 22.

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Diversidade e Inclusão

Divulgação

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo da EJA