O QUE É E PARA QUEM É?

  • O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. 
  • Podem se inscrever no Cadastro Único:
    • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
    • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos; ou
    • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão   em programas sociais nas três esferas do governo. 
    • Pessoas que moram sozinhas podem ser cadastradas. Elas constituem as chamadas famílias unipessoais.
    • Pessoas que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família também podem ser cadastradas. O caminho, nesse caso, é procurar algum posto de atendimento da assistência social e perguntar como fazer para ser incluído no Cadastro Único.

Programas do Cadastro Único

  • É um benefício da Política de Assistência Social, individual, não vitalício e intransferível, que garante o recebimento mensal de um salário-mínimo.
  • Para quem:
    • Ao idoso, com 65 anos ou mais, e à pessoa com defciência, de qualquer idade, com impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, que comprovem não possuir meios para prover a própria manutenção nem de tê-la provida por sua família.
  • Famílias com renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo, famílias que tenham algum membro que recebe o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC) e famílias com renda familiar total de até três salários-mínimos que possuem algum membro em tratamento de saúde na própria casa, utilizando continuamente equipamentos elétricos para o tratamento de doenças (mediante atestado médico). Famílias indígenas e quilombolas com renda por pessoa de até meio salário-mínimo terão direito ao desconto de 100% na conta de energia elétrica, até o limite de consumo de 50 KWh/mês.
  • Percentual de desconto de acordo com o gasto da família.
  • Para quem:
    • Famílias com renda mensal total de até dois salários-mínimos.
  • Programa que ajuda a compra da casa própria ou facilita suas condições de acesso, a depender da renda da família.
  • Para quem:
    • Famílias que não possuem imóvel próprio, com renda familiar mensal de até R$ 1.800,00 (habitação urbana); Agricultores familiares com renda familiar anual de R$ 15 a 60 mil (habitação rural). 
  • Programa de viagens interestaduais gratuitas ou com desconto em transporte coletivo por ônibus.
  • Para quem:
    • Pessoas com 60 anos ou mais que tenham renda individual de até dois salários-mínimos, mas não tenham como comprová-la.
  • Programa de contribuição reduzida para a Previdência Social (5% do salário- -mínimo) que permite utilizar vários direitos, tais como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio-doença e licença-maternidade, entre outros.
  • Para quem:
    • Pessoas que se dedicam exclusivamente ao trabalho doméstico (do lar), que não têm  renda própria e fazem parte de famílias com renda mensal total de até dois salários-mínimos.   
  • Programa que oferece preços reduzidos para linha de telefone fixo.
  • Para quem:
    • Famílias inscritas no Cadastro Único.
  • Ação que prevê o não pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos realizados pelo Governo Federal.
  • Para quem:
    • Pessoas inscritas no Cadastro Único. 
  • A Identidade Jovem ou ID Jovem é o documento que possibilita acesso aos benefícios de meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos e também a vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual, conforme disposto no Decreto 8.537/2015.
  • Para quem:
    • Destinada aos jovens de baixa renda, com idade entre quinze e vinte e nove anos, pertencentes às famílias com renda mensal de até dois salários-mínimos e inscritos no Cadastro Único.
  • Ação prevê o não pagamento de taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio.
  • Para quem:
    • Famílias com renda de até três salários-mínimos ou com renda per capita por pessoa de até meio salário-mínimo, e inscrita no Cadastro Único.
  • Banco de vestuário que funciona anualmente para a retirada de roupas e calçados.
  • Para quem:
    • Famílias com renda de até três salários-mínimos e cadastradas no Cadastro Único .
  • Prestação do Serviço de esterilização cirúrgica em animais domésticos de pequeno porte (cães e gatos).
  • Para quem:
    • Destinado aos proprietários de baixa renda, desde que estejam cadastrados no Cadastro Único. 
  • Viabiliza a construção de imóvel próprio às famílias de baixa renda.
  • Para quem:
    • Destinado às famílias que estejam cadastradas no Cadastro Único, com renda familiar de até três salários-mínimos, que morem em terreno próprio regularizado, ou em processo de regularização, e não possuam outro imóvel.

Locais de Atendimento do Cadastro Único

  • Sede da SMCAS
    • General Osório, 536
    • De segunda a quinta-feira
    • Das 8h às 14h

Mapa

  • CRAS Cidade de Águeda

Av. Eng. Dante Dapuzzo, 343

De segunda a quinta-feira

Das 8h às 14h

Mapa

  • Associação de Moradores do Parque Marinha

Avenida dos Grandes Lagos, 150

nas terças- feiras  sempre na 1ª e 3ª semana do mês.

Das 9h às 13h

Mapa

  • Ginásio PPV

Estrada Roberto Socoowisk, 1420

nas segundas- feiras – sempre na 2ª e 4ª semana do mês.

Das 13h às 17h

Mapa

  • Subprefeitura

Coronel Salgado, 336

Quintas-feiras

Das 8h às 12h

Mapa

  • Subprefeitura

Praça Coronel Marcelino, 136

Segundas-feiras na 1ª e 3ª semana do mês

Mapa

  • Salão da Dona Sonia

Ponte Federal

Última Quarta-feira do mês

Das 9h às 12h

Mapa

  • CRAS Hidráulica

Rua Altamir de Lacerda Nascimento, 904

de segunda a quinta-feira

Das 8h às 14h

Mapa

  • Associação de Moradores ( ao lado do CTG)

Avenida Atlântica, 1461

as sextas – feiras – contempla os bairros:

Cassino; Parque Guanabara; Querência;

ABC; Bolacha; Boa Vista; Senandes

Das 9h30 às 16h

Mapa
  • CRAS Dra Lucia Nader

Rua 6, S/N, Profilurb I

De segunda a quinta-feira

Das 8h às 14h

Mapa
  • Restaurante Popular

Rua Rodrigo Duarte 537

Quintas-feiras

Das 9h às 13h

Mapa
  • CRAS Zona Portuária

Av. Dom Pedro II, 318

Segunda a quinta-feira

Das 8h às 14h

Mapa
  • Casa Branca

Rua Principal

Quartas-feiras

Das 14h às 16h

Mapa
  • Indígenas

Equipe Volante

Quarta-feira

Na quarta do mês

Das 9h às 12h

Mapa
  • Sede da Abordagem Social – (53) 230.4428 ou
  • Sede da SMCAS

General Osório, 536

Segunda a quinta-feira

Das 8h às 14h

Mapa