Consulta Popular Corede-Sul se inicia na próxima segunda-feira (14)

Na tarde desta terça-feira (9), os riograndinos terão a oportunidade de entender como funcionará a Consulta Popular Corede-Sul. A apresentação das propostas, funcionamento e participação serão apresentados às 18h15 no Salão Nobre da Prefeitura.

A Consulta Popular

Criada em 1998, a consulta tem como objetivo permitir que a população escolha onde e como será investido parte do dinheiro do orçamento do Estado.

Anualmente, o Governo do Estado fixa o valor da verba que será distribuída entre as 28 regiões do Estado. Para a Consulta Popular 2022/2023 serão destinados R$ 50 milhões para os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).

Dessa verba, 80% dos recursos será distribuído de forma igualitária entre os conselhos, os outros 20% serão partilhados por meio de um rateio que leva em consideração o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese) de cada região.

Como votar

A partir da próxima segunda-feira, quando a votação estará aberta, os eleitores poderão votar através de quatro plataformas, são elas:

– Através do site oficial da Consulta Popular (https://planejamento.rs.gov.br/consulta-popular)

– Através do WhatsApp oficial da Consulta Popular, que será divulgado nos próximos dias

– Por cadastro no Aplicativo Colab,
através da Plataforma Coredes

Os projetos e a importância do seu voto

O voto de cada cidadão pode destinar uma verba ainda maior para Rio Grande, já que as nove regiões com maior número de votantes receberá um valor extra, sendo R$ 1 milhão para o primeiro lugar e R$ 500 mil reais para os que se posicionarem entre o segundo e o nono lugar.

Na hora do voto, o eleitor poderá escolher uma das cinco propostas disponíveis, as três propostas mais votadas serão contempladas. Confira abaixo as propostas disponíveis.

1 – Agricultura – Incentivo a agricultura familiar da região sul do Estado, com aquisição de insumo (calcário) pelos municípios, e distribuição aos produtores rurais, visando a correção do solo;

2 – Inovação – Implantar pontos públicos de internet para uso da comunidade local e visitantes com objetivo de levar a democratização digital e proporcionar espaços de convívio interativos;

3 – Turismo – Ações de marketing e divulgação do turismo rural nos roteiros rurais existentes e valorização dos aspectos rurais e culturais;

4 – Desenvolvimento Econômico – Fomentar a cooperação entre empresas, gerar um ambiente estimulador ao empreendedorismo e disponibilizar todo o suporte técnico necessário a formação, consolidação e desenvolvimento das redes;

5 – Meio Ambiente – Incentivo ao uso de placas fotovoltaicas para Região Sul.

Publicado em: 8 de novembro de 2022
Skip to content