“4º Dança Estudantes – Edição Digital”: Votação Popular vai até dia 29 de junho

Divulgação

Na última segunda-feira, dia 22 junho, encerrou o período de inscrição para a 4ª edição do Festival “Dança Estudantes”, evento promovido pela Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através da EMIE Ney Amado Costa, em ação conjunta com o Projeto Rio Grande em Ação, e em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande (FURG), através da Diretoria de Arte e Cultura/DAC.

Neste ano, o Festival “Dança Estudantes” está acontecendo no formato digital, considerando as orientações de distanciamento social devido à COVID-19, promovendo o intercâmbio entre as produções artísticas realizadas pelos(as) alunos(as) de Escolas de Educação Básica, professores(as), coreógrafos(as), praticantes e amantes da Dança, que têm o interesse em apresentar suas composições coreográficas.

Todas as coreografias classificadas em 1º, 2º e 3º lugares receberão Premiação Digital. As coreografias serão avaliadas por uma comissão julgadora especial que não levará em conta técnicas perfeccionistas e, sim, os trabalhos de melhor execução e originalidade, respeitando as potencialidades dos(as) participantes

Muito nos alegra que tantas crianças, jovens, adultos e idosos estejam participando do 4º ‘Dança Estudantes’ – Edição Digital ‘Mesmo longe, podemos ficar perto’. Ao todo, foram 45 coreografias/solo inscritas, sendo que 03 coreografias participam apenas como Mostra Artística e 42 como Festival Competitivo. Diversas escolas da rede pública municipal de ensino de Rio Grande estão participando”, explicou Denise Prado Costa, coordenadora do Festival “Dança Estudantes”.

O período de votação popular vai até dia 29 de junho. Todos os vídeos estarão disponíveis no canal do YouTube Projeto “Rio Grande em Ação”. Os vídeos mais curtidos vão ganhar premiações especiais. Acesse os vídeos participantes da 4ª edição do Festival “Dança Estudantes” através do link: https://www.youtube.com/playlist?list=PLDoWf3ZEiHne7-TbFUPvBBE6jvU5172vx

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Projeto “Rio Grande em Ação”