Adaptado: www.riogrande.rs.gov.br

No nosso município, mais de 30 escolas da Rede Pública Municipal de Ensino Fundamental são abastecidas com determinada quantidade dos cerca de 4mil quilos de pescados que são adquiridos pela Prefeitura Municipal do Rio Grande, por meio do Núcleo de Alimentação Escolar (NAE) da Secretaria de Município da Educação (SMEd).

A inclusão do pescado na merenda escolar teve início em 2014, inicialmente com a quantia de 800kg para serem distribuídos nas escolas de ensino fundamental. Dentre os pescados que são fornecidos atualmente, estão o filé de burriquete, linguado, tainha e o papa terra.

Para a secretária da Educação de Rio Grande, Vanessa Pintanel, o Núcleo de Alimentação tem uma preocupação muito grande com a questão de promover hábitos de alimentação saudável. A missão integra tanto o programa de governo Rio Grande ComVida, como também a proposta da Escola ComVida. “Eles [os estudantes] conseguem através do aprendizado dessas práticas positivas com a alimentação escolar, levar isso para as suas casas, suas famílias e isso, promove uma melhoria na qualidade de vida da população”, destaca.

De acordo com a nutricionista e coordenadora do NAE, Rita de Cássia Nascente Caetano, o pescado é uma fonte de proteína, rico em ômega 3 e 6, responsável também por beneficiar a alimentação das crianças por conta da digestibilidade e colaborar com a promoção da cultura pesqueira do nosso município.

Através do processo de Chamada Pública, a aquisição do pescado ocorre com a verba do Governo Federal, por meio da utilização do recurso exclusivo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), intitulado de Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

A entrega dos pescados é realizada pelos selecionados na Chamada Pública, diretamente em todas as escolas de ensino fundamental, visando o deslocamento mais eficaz e seguro para o devido acondicionamento do gênero alimentício.

Receitas com pescado elaboradas pelo Núcleo

A nutricionista e coordenadora do NAE, Rita de Cássia Nascente Caetano, também destaca como a receptividade dos pescados pelas crianças foi alvo de estudos pelo NAE, juntamente ao Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico (NUDESE) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e à Associação de Pescadores da Vila São Miguel (APESMI).

“Nós estivemos com as manipuladoras de alimentos e elaboramos um livro com várias receitas que foram feitas e testadas nas escolas, tendo uma boa aceitabilidade das crianças”, comenta.

A produção do “Livro de Receitas de Pescado” integrou as atividades do projeto de “Introdução do Pescado na Alimentação Escolar”. No mês de agosto de 2017, os exemplares do livro foram entregues para as escolas que participaram do projeto.

Confira as receitas:

  • → Arroz de Forno com Peixe
  • → Escabeche de Peixe
  • → Escondidinho de Peixe
  • → Fricassê de Peixe
  • → Hambúrguer de Peixe
  • → Lasanha de Batata com Peixe
  • → Lasanha de Panqueca com Peixe
  • → Macarrão com Peixe
  • → Moqueca de Peixe 1
  • → Moqueca de Peixe 2
  • → Omelete de Peixe
  • → Peixe ao Molho 1
  • → Peixe ao Molho 2
  • → Peixe ao Molho Branco
  • → Peixe com Batata 1
  • → Peixe com Batata 2
  • → Peixe com Batata 3
  • → Peixe com Batata 4
  • → Peixe com Batata ao Molho
  • → Peixe com Legumes
  • → Peixe Crocante
  • → Peixe Empanado no Forno
  • → Pizza Integral de Peixe
  • → Risoto de Peixe
  • → Salada de Peixe 1
  • → Salada de Peixe 2
  • → Torta de Peixe 1
  • → Torta de Peixe 2
  • → Torta de Peixe 3
  • → Torta de Peixe com Biscoito
  • → Torta de Peixe com Mistura de Torta
  • → Torta de Peixe Integral

Essas e demais receitas podem ser conferidas através do link

Atividades do Núcleo de Alimentação Escolar

No nosso município existem 77 escolas da Rede Pública Municipal de Ensino, com cerca de 22 mil estudantes que encontram nesses espaços a possibilidade de acesso à uma alimentação saudável. Para tanto, um longo processo de procura por fornecedores, de seleção e compra de gêneros alimentícios, bem como de distribuição e capacitação, é realizado por profissionais atenciosos da Prefeitura Municipal do Rio Grande, por meio do NAE/SMEd.

Comentários encerrados.