Arquivo da categoria: Superintendência de Gestão Pedagógica

Projeto Aluno Monitor 2019: Cerimônia de Formatura dos(as) Estudantes das Escolas da Ilha dos Marinheiros contou com presença do Prefeito e da Secretária da Educação

No início da tarde da última terça-feira, dia 19 de novembro, a Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM) e do Núcleo de Educação Ambiental e Patrimonial, realizou, no Salão Cruzeiro, a Cerimônia de Formatura do Projeto Aluno Monitor 2019 dos(as) Estudantes das Escolas Municipais de Ensino Fundamental da Ilha dos Marinheiros: Apolinário Porto Alegre, Coração de Maria, Renascer e Sylvia Centeno Xavier.

Na oportunidade também foi realizada a cerimônia de premiação das Olimpíadas Escolares:  OMMERG (Olimpíada Municipal de Matemática), OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia) e OBR (Olimpíada Brasileira de Robótica). Estudantes, professores(as) e equipes diretivas das Escolas Municipais da Ilha dos Marinheiros receberam medalhas e menções honrosas pelo seu desempenho nas competições.

Durante este ano letivo, a SMEd promoveu o “Projeto Aluno Monitor 2019” em 18 escolas da rede pública municipal de ensino, com o objetivo de capacitar alunos(as) da rede municipal para interagirem com as novas tecnologias de informação e comunicação, visando a aquisição de conhecimentos sobre o uso de recursos tecnológicos para exercerem a função de aluno/a monitor/a e auxiliarem os/as professores/as nas atividades realizadas nos laboratórios de informática.

Neste ano, a temática abordada pelo Projeto Aluno Monitor foi os ‘50 anos da SMEd’, onde os(as) alunos(as) realizaram pesquisas sobre as suas respectivas escolas e construíram o histórico, que será publicado em formato digital. Ao todo, o Projeto Aluno Monitor 2019 formará 271 alunos(as). Devido ao número expressivo de estudantes, as cerimônias de formatura estão sendo realizadas por polos, compostos pelas escolas participantes.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações do NTM

Equipe do Projeto Paradesporto – SMEd conquista primeiras medalhas na 13ª edição das Paralimpíadas Escolares

Na noite da última terça-feira, dia 19 de novembro, aconteceu a cerimônia de abertura da 13ª edição das Paralimpíadas Escolares. A solenidade ocorreu no Pavilhão Oeste de Exposições do Anhembi, em São Paulo. O maior evento esportivo do mundo para pessoas com deficiência em idade escolar será realizado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, e se estenderá até sexta-feira, 22. Mais de 1.220 atletas de 26 Estados e do Distrito Federal.

Na quarta-feira, dia 20, iniciaram as disputas no CT Paralímpico. Neste ano são ofertadas 12 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), bocha, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, judô, natação, parabadminton, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado. A faixa etária contemplada para as disputas é de 12 a 17 anos.

O município de Rio  Grande, através do Projeto Paradesporto da Secretaria de Município da Educação, também está participando da 13ª edição das Paralimpíadas Escolares, evento organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, o qual é considerado o maior evento esportivo escolar paralímpico do mundo. No dia 18 a equipe rio-grandina embarcou para São Paulo, com os(as) seguintes componentes: Keimilyn Amaral (EMEF Helena Small), Natálya Siqueira (EMEF Frederico Ernesto Buchholz), Matheus da Gama (EMEB Carmen Regina Teixeira Baldino), Rhuan Duarte (Escola de Educação Especial José Alvares de Azevedo), acompanhado pelo atleta-guia Nicolas Maxwell Pereira; e Bruna Gonzales (EMEF Peixoto Primo), no Atletismo; e Aaron Bonilla (EMEF Dolores Garcia) no Futebol de 7. Os(as) atletas foram acompanhados pela professora Dinair França.

Confira os resultados obtidos pelos(as) atletas rio-grandinos no dia 20 de novembro, primeiro dia de competições das Paralimpíadas Escolares 2019:

  • Keimilyn Amaral – Ouro T38 sub-18 – Recorde do campeonato;
  • Keimilyn Amaral – Prata nos 75m T38 sub-16;
  • Bruna Gonzales – Prata nos 100m T36 sub-18;
  • Bruna Gonzales – Prata no Arremesso de Peso T36 sub-18;
  • Rhuan Duarte – Bronze nos 100m T11 sub-18;
  • Rhuan Duarte – Ouro no Lançamento de Dardo T11 sub-18;
  • Matheus da Gama – 4° nos 75 metros sub-16;
  • Natálya Siqueira – 4° lugar nos 75m e Arremesso de Peso sub-16.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Projeto Paradesporto

Alunos(as) das Sedes da EMEJA Paulo Freire participaram de Roda de Conversa “Estudar para ser alguém na vida: verdade ou mentira?”

Na noite da última quarta-feira, dia 20 de novembro,  foi realizada a Roda de Conversa com o tema “Estudar para ser alguém na vida: verdade ou mentira?“, que contou com a  presença dos(as) educandos(as) da Escola Municipal de Educação de Jovens e Adultos Paulo Freire, das sedes Mangueira, Querência e Cidade de Águeda.

A protagonista do encontro foi a professora Atena Beauvoir Roveda, da rede Transgender Europe, que além do bate-papo regado de muita amorosidade, realizou um pocket slam (uma apresentação de poesia que integra reconhecimento, empatia e militância, com temas como racismo e violência contra mulheres trans).

Nas palavras de uma educanda da EMEJA, um pouco da afetividade partilhada com o grupo: “Hoje, a aula foi mais que especial, pois conheci uma pessoa que me fez sentir que eu não preciso me sentir inferior a ninguém e nem ter medo de achar que nesta vida eu não sou capaz de conseguir realizar aquilo que eu sonho. Obrigada Atena Roveda, você me fez sentir outra pessoa totalmente renovada. Amei!“.

A professora e poetisa Atena Beauvoir veio a Rio Grande participar do Seminário Integrador do Grupo de Pesquisa Sexualidade e Escola (GESE/FURG). Com o tema “Gêneros e Sexualidade nos Espaços Educativos: tecendo redes de resistência”, o evento contou com a participação de educandos(as) integrantes do projeto Escolas Promotoras da Igualdade de Gênero, do qual a EMEJA Paulo Freire faz parte. 

A turma da EMEJA Paulo Freire/Cidade de Águeda, que funciona no espaço físico da  EMEF Professora Zelly Pereira Esmeraldo, sediou o encontro entre as 3 sedes, culminando com uma deliciosa refeição para todos(as) educandos(as) presentes.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEJA Paulo Freire

EBAHL apresenta Recital “Canto Lírico” com o Tenor Giovani Correa

Divulgação

Na próxima sexta-feira, dia 22 de novembro, às 20h, o tenor Giovani Bertolino Correa estará apresentando seu Recital de Final de Curso na Escola de Belas Artes “Heitor de Lemos”.


Neste recital de conclusão do Curso de Canto Lírico, Giovani apresentará  um repertório bastante variado, composto de duas partes. A primeira parte do espetáculo será dedicada às canções e apresentará obras de Schummann, Donaudy, Villa Lobos, Carlos Gomes e Stanisalao Gastaldon. Já na segunda parte do espetáculo, o cantor brindará o público com árias das óperas L’elisir d’amore, Carmen, Turandote Le pêcheurs de perles.

O recital, com entrada franca para toda a comunidade rio-grandina, acontecerá no Auditório da Escola de Belas Artes “Heitor de Lemos”, localizado à rua Jockey Club,194, ao lado do Praça Rio Grande Shopping. 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EBAHL

EMEE Maria Lucia Luzzardi promove “II LUZZARTE” nesta quinta-feira, dia 21

 

No início da noite desta quinta-feira, dia 21 de novembro, a Escola Municipal de Educação Especial Maria Lucia Luzzardi realizará, às 19h, no Teatro Municipal, o espetáculo “II LUZZARTE”, com o tema “Ser e Pertencer: Uma viagem pelo ciclo da vida”. O evento iniciará às 19h.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEE Maria Lucia Luzzardi

EMEF Alcides Maia promove “VII Mostra de Trabalhos” nesta quinta-feira, dia 21

Divulgação

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Alcides Maia, que está localizada no Capão Seco, realizará, nesta quinta-feira, dia 21 de novembro, nos turnos da manhã (às 09h) e da tarde (às 14h30min), a “VII Mostra de Trabalhos”, com o tema “Navegando em busca de Novas Descobertas”. A Mostra será aberta à comunidade.

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Alcides Maia

Trupe “Bugigang” realizou Atividade de Contação de História na EMEF São João Batista

Na última segunda-feira, dia 18 de novembro, a Trupe de Contadores de Histórias Bugigang”, que faz parte do Projeto de Extensão “Coisa Contada” da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), realizou a primeira  narração de “O Pequeno Grande Príncipe” para os(as) alunos(as) da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal de Ensino Fundamental São João Batista. A narração fala de um menino que vive em um pequeno reino da África e apresenta o velho continente a um piloto que encontra em pleno deserto do Saara.

SMEd
Roberton Reis
Com Informações da EMEF São João Batista

Alunos(as) da EMEF Ramiz Galvão visitam o NEMA e participam de mutirão de limpeza

Adaptado de www.jornalagora.com.br

Os(as) alunos(as) das duas turmas do 1º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ramiz Galvão, que está localizada na Vila Mangueira, tiveram a oportunidade de ver de perto a importância da preservação das dunas costeiras. Na última terça-feira, dia 19 de novembro, os(as) estudantes visitaram o Núcleo de Educação e Monitoramento Ambiental (NEMA), no Cassino, em mais uma atividade preparada especialmente para o grupo, dentro do projeto “Outro Olhar – Vila Mangueira“, patrocinado pela Braskem e que proporciona descobertas e novas experiências de conhecimento a cerca de 200 crianças e adolescentes da Escola.

A programação incluiu um mutirão de limpeza com coleta de lixo nas dunas. O material será levado para sala de aula para realização de trabalho educativo sobre a importância da preservação ambiental. Houve brincadeiras, como a Oficina de Fantasias de Tartaruga, feitas de material reciclado, em parceria com o projeto Caminho Marinho; e um piquenique na área externa do Núcleo. Também aconteceu uma visita à estátua de Iemanjá, a qual foi esculpida pelo artista rio-grandino  Érico Gobbi, toda em cimento.

As turmas foram acompanhadas por professores da Escola, educadores ambientais, arte-educadores e historiadores. Mais duas ações estão agendadas para dezembro, incluindo outras turmas da EMEF Ramiz Galvão. Mesclando atividades lúdicas com temática ambiental, os(as) alunos(as) ganham uma nova perspectiva sobre a sua cidade e a sua própria realidade, já que a escola está localizada em uma área de vulnerabilidade social e carente de infraestrutura.

Próximas atividades:

Dia 03 de dezembro: passeio na orla do Cassino, nos Molhes da Barra – turmas do 3º ano A e B;

Dia 10 de dezembro: evento de encerramento, na sede da Escola.

EMEF Altamir de Lacerda Nascimento promoveu “II Novembro Negro” no dia 14

Na última quinta-feira, dia 14 de novembro, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Altamir de Lacerda Nascimento, que está localizada no bairro, promoveu o “ll Novembro Negro”, onde os(as) alunos(as) da Educação Infantil ao 9° ano do Ensino Fundamental expuseram os trabalhos realizados com os(as) professores(as) durante este mês e, também, ao longo do ano, sobre a “Consciência Negra”.

Além de trabalhos, tivemos apresentações de dança de algumas turmas, degustação de comidas típicas, desfile de roupas mostrando a cultura africana e brasileira. Também tivemos vários convidados para colaborar e participar da nossa Feira do Novembro Negro, entre eles: Mauren Amaral (Comissão de Igualdade Racial da OAB), em roda de conversa sobre a importância da Consciência Negra; Gabriele Costa (Oficina de Turbantes), Los Santos Hair (Oficina de Tranças), Gisele Machado (Oficina de Dança Circular) e Trupe da Cultura (Oficina de Capoeira, Poesia)”, explicou a diretora Janice Dias Almeida.

A direção da escola gostaria de salientar que o Grupo Trupe da Cultura, formado por jovens estudantes universitários, que são estagiários do Núcleo de Educação Integral, trouxe uma grande contribuição durante nossa tarde, mostrando para os(as) nossos(as) alunos(as) que a educação vai além dos muros da escola, com rap, poesia e capoeira. Devido as outras oficinas, o tempo ficou curto, mas a escola gostaria de convidá-los para vir na escola em outro momento para desenvolver as oficinas com todas as nossas crianças e adolescentes”, finalizou Janice.

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Altamir de Lacerda Nascimento