Arquivo para o ‘Superintendência de Gestão Pedagógica’ Categoria

Divulgação

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Zelly Pereira Esmeraldo

No dia 17 de novembro, o Grupo de Dança “Just Dance”, formado por alunos dos Anos Finais da Escola Municipal de Ensino Fundamental Altamir de Lacerda Nascimento, que está localizada no bairro Bernardete, e coordenado pela Prof.ª Leda Steglich, participou da 2ª Feira Internacional de Danças (FID), em Bagé.

A 2ª Feira Internacional de Danças, que foi realizada no Ginásio Presidente Médici (Militão),    tem o objetivo de divulgar e criar mercado de trabalho para os dançarinos da cidade, estado e de países vizinhos, como Uruguai e Argentina, estabelecendo, assim, o intercâmbio cultural entre grupos que atuam nessa área, valorizando e difundindo a arte da dança oriental árabe, indiana, cigana, flamenco, fusões, ballet clássico e repertório, dança contemporânea, jazz, dança de salão, danças urbanas, estilo livre, entre outras.

De acordo com a diretora da EMEF Altamir de Lacerda Nascimento, a professora Janice Almeida, “o Grupo Just Dance levou três coreografias para Bagé e, dentre as mais de 100 apresentações realizadas, obteve importantes conquistas”.

O Grupo de Dança Just Dance obteve os seguintes resultados na 2ª Feira Internacional de Danças (FID), em Bagé;

  • 1° lugar Solo: Brian Lucas;
  • 2° lugar  Mix Latina;
  • 3° lugar Alma Cigana.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Altamir de Lacerda Nascimento

No dia 29 de novembro, foram concluídas as “Oficinas de Educação Ambiental” para os alunos do “Projeto Acreditar”, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cidade do Rio Grande/CAIC.

O Projeto, que teve como objetivo estimular os estudantes à reflexão acerca dos problemas ambientais enfrentados pela sociedade na atualidade, também proporcionou aos alunos a possibilidade de identificar os principais problemas ambientais do seu bairro, discutir possíveis soluções, tornando-se  agentes multiplicadores, compartilhando seu aprendizado com a família e a comunidade.

As oficinas foram realizadas no mês de novembro e ministradas pelos acadêmicos da FURG, Lyandra Gomes Almeida e William Gómez, que de forma ímpar, mediaram os alunos na construção de uma consciência crítica acerca dos problemas socioambientais que fazem parte do seu cotidiano, desde uma micro escala espacial, como sua casa, seu bairro; até a uma macroescala, a nível nacional ou mundial.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEF Cidade do Rio Grande/CAIC

Divulgação

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EBAHL

Divulgação

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações da EMEI Prof.ª Nilza Alves Gonçalves

 

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através da assessoria de Artes do Núcleo dos Anos Finais do Ensino Fundamental, em parceria com os Professores(as) de Artes da Rede Pública Municipal de Ensino, promove, até o dia 14 de dezembro, na Sala Multiuso da Prefeitura Municipal, a Mostra “Arte para quê? Existir, Pensar, Agir”.

A Abertura Oficial da Mostra aconteceu na última terça-feira, dia 04 de dezembro, às 18h, e contou com a presença das seguintes autoridades: secretária de Município da Educação de Rio Grande, Vanessa Pintanel; secretária-Adjunta da SMEd, Neci Bandeira; superintendente de Gestão Pedagógica, Felipe Alonso; representante da Secult. Goretti Costa Gutierres; coordenadora do Sinterg, Dóris Nogueira; vereadora Denise Marques; e a coordenadora do Núcleo dos Anos Finais da SMEd, Lilian Reinhardt.

A Mostra é uma Exposição de Arte coletiva dos(as) alunos(as) dos Anos Iniciais, Anos Finais e EJA da rede municipal, tendo por objetivo fomentar e valorizar o trabalho artístico-crítico dos(as) estudantes, contemplando as competências ética-estéticas da Arte. Estão participando da Mostra as EMEFs Barão do Rio Branco, Cidade do Rio Grande/CAIC, Coriolano Benício, Frederico Ernesto Buchholz, João de Oliveira Martins, Manoel Martins Mano, Mate Amargo, Pedro Carlos Peixoto Primo, São Miguel e Prof.ª Wanda Rocha Martins.

A Mostra de Artes da Rede Municipal está em sintonia e consenso com as dimensões desejadas e esperadas em um processo de arte-educação, amparado por lei, pelos ensinamentos da licenciatura na área, pelas formações continuadas, e pelas necessidades, possibilidades e potencialidades dos educandos e educandas que precisam expressar suas dores, medos, alegrias e esperanças  e que, acima de tudo, pensam por si mesmos, como bem sabe quem trabalha com Educação”, destacou a assessora de Artes da SMEd, Karine Sanchez.

As aulas de Artes na escola, muitas vezes, carregam uma cultura errônea, qual seja de que se trata de uma disciplina secundária, que não reprova, que deve principalmente adornar os espaços, etc. Por outro lado, é sabido por todos e todas que a Arte é um campo do conhecimento carregado de um equilíbrio entre razão e emoção. Através dela não sublinhamos somente o imaginário e a fantasia, mas a própria história da humanidade, com o diferencial de não ignorar as subjetividades dos sujeitos, tempos e acontecimentos. “O que está exposto aqui hoje é só uma parte do que se faz em sala de aula, ao longo do ano letivo”, finalizou Karine.

SMEd
Roberton Reis
Com informações da Assessoria de Artes

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo de Educação Infantil, promoveu, no dia 27 de novembro, no salão da Creche e Casa da Criança Mansão da Paz, o “III Encontro Socializador de Práticas”, o qual reuniu os(as) professores(as) que atendem as turmas de Educação Infantil das escolas conveniadas com a Rede Municipal.

O evento é a culminância do processo de formação continuada vivenciado durante o ano letivo de 2018, que abordou diferentes temáticas relacionadas ao trabalho pedagógico das escolas. Durante o segundo semestre, discutiu-se a Musicalização na Educação Infantil, onde foi possível promover dinâmicas e atividades, a fim de explorar os sons, o movimento, as cantigas e os instrumentos de percussão.

As questões sobre o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDHA) também pautaram os encontros. Para isso, contamos com a mediação da Professora Hellen Lucy Rodrigues, psicopedagoga do Centro de Atendimento Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), que, gentilmente, compartilhou suas experiências sobre o trabalho psicopedagógico que desenvolve com estudantes diagnosticados com TDHA”, destacou a coordenadora do Núcleo de Educação Infantil, Rafaela Pinto Grasso.

Durante a realização do III Encontro Socializador, os(as) professores(as) compartilharam suas vivências, experiências e desafios durante o ano letivo, refletindo sobre a importância da Educação Infantil, dos projetos, das interações e brincadeiras. “O espaço da formação continuada possibilita aos(às) professores(as) refletir sobre a própria ação docente e, assim, ressignificar o cotidiano com novas experiências”, finalizou Rafaela.

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Educação Infantil