Arquivo para o ‘Notícias’ Categoria

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), face às fake news veiculadas nas últimas horas nas redes sociais, dando conta de que cinco escolas da Cidade teriam sido atacadas por disparos de armas de fogo, gerando pânico entre pais e responsáveis pelos alunos dessas instituições, vem a público informar que, em parceria com a Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal, está atenta a toda e qualquer possibilidade de violências às escolas da rede pública municipal de ensino.

Na parte da manhã, a Brigada Militar informou que já estava trabalhando para descobrir os responsáveis pelas fake news, porém, como medida de prevenção, teria enviado a equipe da  Patrulha Escolar para o entorno das escolas mencionadas nas postagens, a fim de garantir a segurança.

 

SMEd

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo dos Anos Finais do Ensino Fundamental, no dia 26 de fevereiro, divulgou,  por meio de Edital, a abertura de vagas para os cursos de Inglês e Espanhol do Projeto “Centro de Línguas Estrangeiras” (CLEs), destinadas a todos os estudantes dos Anos Finais das escolas da rede pública municipal de ensino,

Conforme o Edital, o Processo Seletivo ocorreu de acordo com o cronograma estabelecido:

  • Divulgação nas escolas: de  27/02 a 08/03;
  • Entrega das Fichas de Intenção de Matrículas na SMEd: de 11/03 a 15/03;
  • Teste de Proficiência: de 11/03 a 15/03.

A seleção dos alunos foi realizada no período de 18 a 20 de março, na sede do CLEs, que está localizado na Avenida Rio Grande, 69, bairro Cassino, observando os critérios estabelecidos no referido Edital. Salienta-se que devido ao grande número de inscritos, excedendo as vagas disponibilizadas, houve o cadastro de todos os  estudantes que buscaram vaga, formando uma lista de espera.

A matrícula dos alunos selecionados deverá ser realizada, impreterivelmente, na sede do CLEs,  no dia 22 de março, das 14h às 17h. Aqueles que não comparecerem no dia da matrícula perderão o direito à vaga, sendo que a assessoria da SMEd, através do Núcleo dos Anos Finais, entrará em contato com os alunos selecionados que estão na lista de espera.

O aluno matriculado que não comparecer no primeiro dia de aula, sem justificativa, perderá o direito à vaga, sendo chamado o candidato seguinte pela ordem da lista de espera.

Confira aqui a lista com o nome dos alunos selecionados para os Cursos de Inglês e Espanhol do Projeto “Centro de Línguas Estrangeiras” (CLEs), da Secretaria de Município da Educação de Rio Grande.

 

SMEd
Roberton Reis

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo de Diversidade e Inclusão (NDI), informa que a formação com os Professores da Educação Especial/Inclusiva (Salas de Recursos e Salas de Recursos de Inclusão), que aconteceria nesta sexta-feira, dia 22 de março, no Auditório da EMEF Cipriano Porto Alegre, foi cancelada.

O cancelamento ocorre em virtude das manifestações que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Rio Grande (Sinterg) e o Centro dos Professores do Rio Grande do Sul (CPERS) realizarão nesta sexta-feira, 22, contra a Reforma da Previdência.

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Diversidade e Inclusão

Divulgação

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através da Assessoria de Língua Portuguesa dos Anos Finais do Ensino Fundamental, informa que o prazo para as adesões e inscrições para a 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro (OLPEF) vai até o dia 30 de abril.

Professores das redes públicas estaduais, municipais e federal do 5º ano do Ensino Fundamental até o 3º ano do Médio podem inscrever-se, e as secretarias de educação podem fazer a adesão. Os textos produzidos pelos alunos competem em etapas que vão da escolar e seguem nos níveis municipal, estadual, regional e nacional. As comissões julgadoras são compostas por pais, membros da comunidade, outros professores, especialistas de universidades e por representantes das instituições que promovem a Olimpíada.

Uma das principais novidades para a 6ª edição é a inclusão de um novo gênero/categoria de inscrição entre os já existentes: o Documentário. A proposta, aliada aos demais gêneros, já se encontra adaptada às diretrizes trazidas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada em 2017 para a Educação Infantil e Ensino Fundamental e em 2018 para o Ensino Médio. Professores e estudantes contarão com o apoio do Escrevendo o Futuro para a realização de oficinas em sala de aula.

O ano de 2019 traz também novidades entre as premiações, que agora incluem imersão pedagógica internacional para os professores e viagem cultural para os estudantes em território brasileiro. Além disso, as escolas dos alunos vencedores receberão acervos para reforçarem suas bibliotecas.

Para obter maiores informações e realizar a inscrição, acesse o site https://www.escrevendoofuturo.org.br/

 

SMEd
Roberton Reis

Fonte: www.riogrande.rs.gov.br

Como forma de reconhecimento ao trabalho desenvolvido nas escolas do município e também para o incentivo ao aprendizado de matemática, a Prefeitura do Rio Grande, por meio da Secretaria de Educação (Smed), irá promover mais uma Olimpíada Municipal de Matemática das Escolas do Rio Grande (OMMERG/2019). As inscrições para essa 3ª edição já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 22 de março, exclusivamente pelo site a seguir: http://www.riogrande.rs.gov.br/smed

A 3ª OMMERG é uma proposta da SMEd, realizada através das Escolas Municipais de Ensino Fundamental e destinada aos estudantes da Rede Municipal dos Anos Iniciais (4º e 5º Anos), e Finais do Ensino Fundamental(6º, 7º, 8º, e 9º ano) e da Educação de Jovens e Adultos. A atividade tem o objetivo de contribuir para a melhoria da educação básica, além de valorizar os estudantes e professores da rede municipal de ensino. A ação também é alusiva ao Dia Nacional da Matemática, celebrado em 6 de maio.

Neste ano olimpíada irá seguir os moldes da edição de 2018, quando as provas foram organizadas por uma comissão composta por professores da rede e assessoras dos núcleos de anos iniciais, finais e de tecnologia. No ano passado foram15 escolas participantes, com a realização de 1744 provas e premiação de 108 alunos.

A comissão foi mantida para o ano de 2019 e está trabalhando na elaboração e impressão das provas. 3ª OMMERG já tem data definida e as provas serão no dia 10 de maio. Os alunos que irão realizar as provas serão diferenciados por categorias, sendo cada uma delas definidas considerando o ano escolar do participante como critério:

  • Grupo 1: Alunos do 4º e do 5º ano do ensino fundamental e da 3ª e 4ª etapa do primeiro bloco da Educação de Jovens e Adultos (EJA);
  • Grupo 2: Alunos do 6º e do 7º ano do ensino fundamental e da1ª e 2ª etapa do segundo bloco da EJA;
  • Grupo 3: Alunos do 8º e do 9º ano do ensino fundamental e da 3ª e 4ª etapa do segundo bloco da EJA .

Seguindo o procedimento da edição anterior, a prova deste ano irá trazer questões contextualizadas, buscando retratar situações que estejam relacionadas com a realidade do nosso município e que apresentem a cara de nossa cidade. Além disso, a prova terá a temática dos 50 anos da Smed, assunto que também estará presente nas questões. Mesmo com a temática e contextualização, a prova irá abranger os eixos da base curricular comum e do referencial curricular gaúcho.

A definição dos vencedores será feita de maneira interna nas escolas. Cada instituição irá premiar os três melhores colocados em cada uma das categorias, com medalhas de ouro, prata e bronze. A olimpíada não foi pensada para incentivar a competição entre as escolas, e sim para estimular o ensino, a aprendizagem e o exercício da matemática. Os gabaritos das provas serão enviados para que os professores realizem a correção, tendo como instrução a valorização de todo o processo realizado pelo aluno até resposta, avaliando também o raciocínio do participante e não apenas o resultado.

Segundo a secretária de Educação, Vanessa Pintanel, a OMMERG contribui para o aprimoramento dos métodos de ensino e tem refletido positivamente no resultados dos alunos. “A olimpíada de matemática passou a ser, ao longo dos anos, um importante instrumento para o desenvolvimento e o aperfeiçoamento da prática pedagógica dos professores dessa área e, naturalmente, isso se reflete nos resultados apresentados pelos nossos estudantes que participam dessa atividade. Mas, sobretudo, reflete positivamente na aprendizagem e no desenvolvimento do pensamento lógico matemático dos nossos alunos”, salientou.

Leila Mello, Assessora de Matemática dos anos finais do ensino fundamental, compõe a comissão de organização da 3ª OMMERG e destaca a relevância da atividade como estimulo ao raciocínio lógico dos alunos. “As escolas podem aproveitar as olimpíadas, tanto a municipal quanto a nacional, para estimular os alunos com questões desafiadores e questões de lógica, que façam pensar e que permitam que eles elaborem as suas próprias estratégias de raciocínio”, comentou.

Em 2018, depois de melhorar seus índices no principal indexador de qualidade da educação básica do Brasil, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), e ter professoras reconhecidas nacionalmente no Prêmio Professores do Brasil, promovido pelo Ministério da Educação, a cidade conquistou o seu melhor desempenho na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBEMEP), com duas medalhas de prata e 14 menções honrosas. Mateus Silveira Xavier, da EMEF Bento Gonçalves, e Richard Junio Costa de Assis, da EMEF Helena Small, conquistaram as medalhas de prata na competição nacional e receberam uma placa de reconhecimento dos gestores municipais.

Segundo Leila, o bom desempenho está diretamente vinculado com a qualidade dos professores e atividades como a olimpíada municipal de matemática, que contribuem para estimular e desenvolver o potencial dos alunos, e assim qualificar o ensino no nosso município. “Temos um trabalho muito bom por parte dos professores da rede. A gente aposta em uma evolução e a gente vem percebendo melhores resultados. O último Ideb mostrou isso, e a realização da olimpíada municipal faz parte desse processo, auxiliando na melhoria da qualidade de ensino”, ressaltou. Para ela, a cerimônia de premiação dos alunos também merece destaque, pelo reconhecimento do trabalho e dedicação de alunos, professores e pais. “Durante a entrega das medalhas das outras edições nós percebemos bastante alegria, não só entre os estudantes, mas também entre os pais. Eles se sentem valorizados. É importante para esses alunos, pois eles se esforçaram e estão se destacando”, finaliza.

Divulgação

Fonte: http://www.oba.org.br/site/

A OBA e a MOBFOG são eventos abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, sem exigência de número mínimo ou máximo de alunos, os quais devem preferencialmente participar voluntariamente. Podem participar da OBA e da MOBFOG alunos do primeiro ano do ensino fundamental até alunos do último ano do ensino médio, sendo que da MOBFOG também podem participar alunos do ensino superior. A OBA e a MOBFOG ocorre totalmente dentro da própria escola, tem uma única fase e é realizada toda ela dentro de um só ano letivo, deste modo os certificados e medalhas são recebidos pela escola no mesmo ano letivo. Ao final da OBA e da MOBFOG todos os alunos recebem um certificado de participação impresso com o seu nome e se ganhou alguma medalha o tipo dela também consta do certificado. E se ganhou medalha, claro, recebe a mesma, a qual em geral é cunhada em metal ou acrílico. Todos os professores envolvidos no processo e também os diretores escolares recebem os seus certificados. Aliás, até a escola recebe um certificado com o nome dela. Veja todos os detalhes no regulamento da OBA 2019 e veja também detalhes sobre a MOBFOG no regulamento da MOBFOG 2019.

Maiores informações na página do evento: http://www.oba.org.br/site/

A Secretaria de Município da Educação de Rio Grande (SMEd), através do Núcleo de Diversidade e Inclusão (NDI), realizará, na próxima sexta-feira, dia 22 de março, no Auditório da EMEF Cipriano Porto Alegre, a formação mensal com os Professores da Educação Especial/Inclusiva (Salas de Recursos e Salas de Recursos de Inclusão), que atuam nas escolas da rede pública municipal de ensino.

De acordo com o Núcleo de Diversidade e Inclusão, esta reunião/formação acontecerá em dois turnos: às 8h30min, para os profissionais que atuam no turno da manhã; e às 13h30min, para os que atuam no turno da tarde. Os profissionais que trabalham no turno vespertino ou noite, poderão optar por comparecer pela manhã ou tarde.

 

SMEd
Roberton Reis
Com informações do Núcleo de Diversidade e Inclusão