Povos de Matriz Africana entregam ao prefeito convite para o Bará do Povo do Mercado de Porto Alegre: monumento vem a Rio Grande no final do mês

Rio Grande vai receber o “Bará do Povo do Mercado de Porto Alegre” nos dias 28, 29, 30 e 31 de outubro. O evento está sendo organizado pelos Povos de Matriz Africana do município e pela Prefeitura do Rio Grande. No último dia 7 a Iyalorixá Maria da Graça de Oxum – do Ilê Axé Oxum e Xangô, casa de Oxum Talade – entregou ao prefeito Alexandre o convite e a programação oficial do evento em Rio Grande. Ao fazê-lo realizou também a leitura de uma carta em agradecimento à municipalidade pelo acolhimento das minorais e respeito às diferentes identidades culturais e relegiosas do município. O convite também contou com a participação em vídeo do representante do Kizomba, Israel Ávila, do Movimento de Porto Alegre.

Ao receber a programação, Lindenmeyer destacou que recebia com satisfação o convite e fez menção ao nome que leva o Salão Nobre da Prefeitura, espaço onde acontecia o ato de anúncio da programação. “Homenagear este salão, como o nome do rio-grandino Carlos Santos, primeiro gestor público negro a governar provisoriamente o estado é o mínimo de reparação que a administração municipal pode fazer”, disse. “Me sinto honrado com a presença de vocês aqui conosco e enxergo neste momento, um momento de resistência, por tudo o que se está vivendo no nosso país […] Quero agradecer à comissão que está organizando esses quatro dias e dizer que será um importante evento de luta pela defesa da liberdade de crença”, continuou.

O Ilê Axé Oxum e Xangô, casa de Oxum Talade, foi escolhido por um movimento de Porto Alegre para receber o “Bará do Povo do Mercado de Porto Alegre”. O monumento será enviado a Salvador , onde ficará em exposição no museu do ouro, mas antes visitará algumas cidades do país. A primeira cidade a receber esse monumento será a cidade de Rio Grande, uma vez que o movimento em Porto Alegre reconhece que o município é o berço da tradição de matriz africana no estado do Rio Grande do Sul.

Pelo porto de Rio Grande adentraram cerca de 90% dos negros e negras escravizados que vieram para o RS e trouxeram a tradição africana de culto aos orixás. A Prefeitura do Rio Grande, nos últimos anos, tem trabalhado no reconhecimento desta pauta, com medidas como a Lei que criou a Política e a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial e o decreto que criou o GT para a construção de Políticas Públicas de desenvolvimento sustentável dos Povos de Matriz Africana. A cidade recebeu, inclusive, uma carta do Palácio de Oyó, na África, em reconhecimento às investidas em políticas públicas para os povos de matriz africana na cidade.

O Bará do Mercado chega a Rio Grande no dia 28 de outubro e permanece até o dia 31 na cidade, onde ficará, após passar pelo Mercado Público de Rio Grande, na Casa de Mãe Graça de Oxum, o Ile Axé Oxum e Xangô.

O grupo de trabalho que compõe a chegada do monumento é constituído por representantes do Executivo Municipal, dos Povos de Matriz Africana e pelo Conselho Municipal do Povo de Terreiro, responsáveis por discutir e organizar os quatro dias de atividade em Rio Grande.

O secretário adjunto de Cidadania e Assistência Social, que é também coordenador do Grupo de Trabalho dos Povos de Matriz Africana no executivo municipal, Chendler Siqueira, falou dos preparativos. “Esse é um evento ímpar para a nossa cidade. Para além das festividades religiosas, tradicionalmente festejadas nesse município, em sua grande maioria festividades cristãs, vamos receber e reconhecer oficialmente uma festa dos povos tradicionais de matriz africana. A expectativa é que a gente consiga dar a devida visibilidade a está ação e ainda oficializar essa data. Essa é uma ação de reparação aos anos de escravidão nesse município e ao racismo institucional que historicamente demoniza e discrimina as tradições afrobrasileiras. Vamos sim construir um lindo evento, digno da ancestralidade africana e receber inúmeras pessoas que vão vir de fora de Rio Grande para a recepção do pai Bará”.

Também estiveram presentes na entrega do convite o vice-prefeito Paulo Renato Mattos Gomes, o secretário de Desenvolvimento e Turismo, Cláudio Dutra, e os mandatos dos vereadores Charles Saraiva e André Lemes.

]

 

Fotos: Marcos Jatahy 

Postado em: 9 de outubro de 2019

Tamanho da fonte
Contraste