14
JAN

Notícias

Rio Grande Eu amo, eu cuido: Miro Aguiar, uma vida inteira dedicada ao cuidado com o meio ambiente


Origimiro Aguiar, ou simplesmente Miro, como é conhecido pelos parentes e amigos, se diz um entusiasta da natureza. Nasceu no distrito do Taim e trouxe do campo para a cidade o gosto pela terra e pelo verde. Um amor incondicional, destaca ele, cultivado desde pequeno nos tempos de ‘‘campanha’’. 

Morador do Parque Marinha há mais de três décadas, o aposentado de 58 anos é reconhecido por todos e todas pelo seu empenho na arborização do bairro. Uma trajetória que remete o início dos anos 1980, período de expansão urbana em Rio Grande e de configuração do local onde reside até hoje.  

“Fui um dos primeiros moradores do Parque Marinha e apenas o terceiro da minha rua, a Ilha do Havaí. Quando chegamos aqui não tinha nada, era só mato e sujeira. Os primeiros plantios iniciaram ainda nessa época e renderam frutos que perduram até hoje”, destaca, ao mostrar árvores com mais de vinte anos plantadas nas imediações da sua casa.  

“Sou filho de pequenos agricultores e, naturalmente, tudo que remete à terra possui um grande significado para mim. Sempre gostei de árvores e quando chegamos aqui no bairro haviam muito poucas”, completou.
   Ele conta que a maior motivação para a realização deste trabalho voluntário são as novas gerações e espera que seu exemplo cative outras pessoas. “Eu faço porque gosto, mas tenho consciência de que a natureza carece do nosso cuidado e dedicação. Tenho filhos e netos. Cada vez que planto uma árvore penso neles, no futuro, e na qualidade de vida que poderão desfrutar”, argumenta.

   Cada muda plantada por Miro é registrada e arquivada minuciosamente em uma agenda que carrega consigo para todos os lados. Quando perguntam sobre o seu trabalho ele exibe, orgulhoso, os números atualizados de plantios, as espécies e as ruas contempladas. Segundo levantamento recente realizado pelo homenageado pelo Programa Eu Amo Eu Cuido, já são quase 1.000 mudas distribuídas pelas avenidas dos Grandes Lagos, Enseadas e Arquipélagos, as principais do Parque Marinha. “Sem contar os replantios”, enfatiza.

   Um verdadeiro exercício de perseverança e amor ao que faz. “Eu sou muito resistente aos acontecimentos. Somente neste ano, aqui no Parque Marinha, eu replantei quase 200 mudas de árvores. Estou sempre acompanhando os plantios e realizando as manutenções”, conta. Para isso, conta com o apoio da família, de alguns vizinhos, que o acompanham em mutirões de plantio e replantio e do Horto Municipal do Povo Novo, parceiro de longa data na distribuição de mudas de árvores.

   Para cativar os moradores e moradoras do bairro, Miro espalhou frases em pontos estratégicos da pista de caminhada do Parque Marinha. Verde é vida, Parabéns moradores do Parque Marinha e Parabéns moradores do Parque Marinha são algumas delas. O objetivo, segundo ele, é chamar a atenção das pessoas para o cuidado com o bairro e com o ambiente. “Tem sempre um pessoal disposto a ajudar. Alguns plantam comigo, outros ajudam a cuidar e tem até alguns vizinhos que germinam sementes nos seus pátios e, depois que as mudas estão crescidas, me procuram para o plantio”, comentou.

 

Programa "Rio Grande ComVida"

A missão fundamental do programa é a “Proteção e Cuidado com a Vida”. Para o desempenho desta missão o projeto estabeleceu os objetivos que perpassam as ações em construção. Entre eles a contribuição para o desenvolvimento orgânico e sustentável do Município, a promoção do desenvolvimento humano, o fortalecimento de vínculos entre a Prefeitura e a comunidade e o estímulo à solidariedade e protagonismo no cuidado com a cidade.

A proposta busca promover e consolidar Rio Grande como uma cidade humana, inteligente e sustentável.  Humana porque percebe em seu povo sua maior riqueza; inteligente, porque busca soluções como a da criatividade e tecnologia nos processos de gestão, visando a melhoria de vida das pessoas; e sustentável porque respeita e incluiu na gestão as dimensões de que perpassam a sustentabilidade - a social, ecológica, econômica, espacial e cultural.

Você também pode ser um destes agentes de transformação. Acesse o formulário de inscrição no site da Prefeitura e apresente sua iniciativa.

 


Fotos da Notícia


  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy

  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy

  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy

  •  - Crédito: Marcos Jatahy

    - Crédito: Marcos Jatahy





* separar os emails por vírgulas
  
Facebook Twitter Flickr

Prefeitura do Rio Grande

Largo Engenheiro João Fernandes Moreira, S/N
CEP: 96200-015 :: Telefone: (53) 3233.8400