Castramóvel vai atender Zona 3 do Município: região compreende os bairros Mangueira e Barra

A Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Coordenadoria Municipal de Defesa dos Direitos Animais (CMDDA), informa que, cumprindo o cronograma do Castramóvel, estará atendendo a Zona 03, que compreende os bairros Mangueira e Barra.

Neste próximo sábado (17), a partir das 10 horas, haverá a distribuição de 100 fichas para os moradores da localidade da Mangueira, na EMEF Ramiz Galvão (Rua Manoel José, nº 26). Os moradores da Barra receberão outras 100 fichas em calendário a ser confirmado até o fim de agosto.

Cada morador terá direito a uma ficha, desde que possua a idade mínima de 18 anos e comprove a residência no bairro. É necessária a apresentação da Carteira de Identidade (RG), do CPF, do comprovante de residência atualizado e do número de inscrição no Cadastro Único (CadÚnico). Quem não possuir inscrição no Cadastro Único assinará declaração de hipossuficiência de recursos, conforme prerrogativa legal. No ato de retirada da ficha, não é necessário levar o animal nesse dia.

Cronograma do Castramóvel

Zona 01 – São Miguel, Bosque, São João, Recreio, Rural, Junção, Vila Braz, Vila Prado, Vila Eulina e América (JÁ ATENDIDA)

Zona 02 – Castelo Branco, COHAB IV, Cidade de Águeda, Santa Rosa, Carreiros, Profilurbs I e II, Santa Rita de Cássia, Vila Maria dos Anjos e Nossa Senhora de Fátima (JÁ ATENDIDA)

Zona 03 – Barra e Mangueira

Zona 04 – Santa Tereza, BGV, Vila Militar, Lar Gaúcho, Navegantes, Dom Bosquinho, Porto e Vila Santinha.

Zona 05 – Bernardeth, Vila Maria, Humaitá, Trevo, Parque Coelho, Cibrazén, Mate Amargo, Vila São Jorge, Marluz, Vila Maria José, Aeroporto e Vila Leônidas.

Zona 06 – Miguel de Castro Moreira, Municipal, Cohabs I e II, Hidráulica, Buchholz e Lagoa.

Zona 07 – Parque Marinha, Jardim do Sol, Parque São Pedro, Senandes, Boa Vista I e Boa Vista II.

Zona 08 – Bolaxa, Cassino, Querência, Abc 9, Abc X, Stella Maris, Princesa do Sul, Atlântico Sul e Parque Guanabara.

Zona 09 – Vila da Quinta, Povo Novo, Taim, Ilha dos Marinheiros, Ilha do Leonídeo, Quitéria, Ilha da Torotama, Palma e Sítio Santa Cruz.

Zona 10 – Centro, Cidade Nova, Vila Peres, Vila Dias, Vila São Paulo, Parque e Salgado Filho.

 

*Se seu bairro não estiver descrito acima, contate a CMDDA e informe-se. O telefone de contato é 3233-7275 e o atendimento ao público é de segunda a sexta, das 13h às 17h30.

 

VANTAGENS DA CASTRAÇÃO

Nos machos:

  • Evita fugas;
  • Evita que o animal fique “agarrando” nas pernas das pessoas em uma tentativa frustrada de acasalar;
  • Evita tumores nos testículos;
  • Evita demarcação territorial (urinar por todos os cantos);
  • Evita agressividade aumentada devido à excitação sexual.

Nas fêmeas:

  • Evita tumores mamários;
  • Evita grave infecção uterina (piometra);
  • Evita gravidez psicológica e suas consequências como depressão e infecção das glândulas mamárias;
  • Evita o cio e, consequentemente, gravidez e aumento populacional de animais.

 

MITOS

Obesidade: animais tendem a ficar obesos por excesso de alimentação e não por causa da castração. Se o dono limitar a quantidade de alimentação fornecida ao seu animal, este permanecerá com o peso ideal e muito saudável;

Mudança de comportamento: animais castrados não ficam mais lentos e preguiçosos. O animal só ficará mais letárgico e apático se ganhar muito peso. À medida ele que envelhece, fica menos ativo e muitas pessoas associam este fato à castração.

Da Coordenadoria Municipal de Defesa e Direitos dos Animais 

Postado em: 12 de agosto de 2019

Tamanho da fonte
Contraste